Look , ops, Almoço do Dia.

Estava eu de bobeira em casa na hora do almoço e com preguiça de cozinhar. Então resolvi fazer um lanchinho gourmet e aproveitei pra postar alguns itens que eu não deixo faltar na minha despensa, ou melhor, geladeira, já que são frescos.

Você já cansou de me ler escrevendo que amo a Provence (diz que não, vai...), mas lá vou eu de novo buscar inspiração na França para este post. Vamos começar pelo Pain de Campagne, que é feito em várias partes da França e tem a casca crocante, escurecida e enfarinhada e o miolo macio. No Rio, meu preferido é o da
La Bicyclette, que aliás, vale muito a pena conhecer. Fica no Jardim Botânico, bairro super charmoso, mas super low profile #adoro

Para transformá-lo num sanduíche delicioso, passei no pão de campanha outra receita francesa divina. Esta, tipicamente provençal, como eu amo! (olha eu de novo! rs...) A tapenade. Uma pasta feita com azeitonas, alcaparras, anchovas, alho e azeite de oliva. Você pode fazê-la em casa, é fácil, veja.

Receita de tapenade - via Journal des Femmes:
200g de azeitonas (podem ser verdes ou pretas, depende da sua preferência)
5 filézinhos de achova ao óleo
8 alcaparras
1 dente de alho (é bom tirar aquele miolinho pra suavizar o sabor)
3 colheres de sopa de azeite de oliva
Basta centrifugar todos os ingredientes e pronto.

O sabor da tapenade original é bem forte, se você preferir mais suave, pode diminuir a quantidade de alcaparras e anchovas ou acrescentar um pouco de cream cheese (hérésie! rsrsrs).

Para acompanhar a tapenade, um ingrediente presente no meu top five: queijo de cabra. Vocês não têm noção de como eu amo queijo de cabra! Pra terem uma ideia, eu voltei da França um quilo mais magra (vejam bem, França! Terra da boa gastronomia) porque não perdi a oportunidade de almoçar salada de queijo de cabra um só dia! rsrsrs... Infelizmente, a gente não acha por aqui a variedade de queijos de cabra que eles têm por lá. Mas eu indico um que você pode encontrar em supermercados mais premium, que é o Côvo. Na verdade, a origem dele é portuguesa, mas por ser curado, guarda alguma semelhança com os que você encontra nos mercados da Provence.

E pra terminar, uma bebidinha. Que tal prestigiar um pouco a nossa terra? Se você pensou num vinho branco vindo do Sul, se enganou. Não que não seja uma boa opção. Eu adoro o Sauvignon Blanc Dal Pizzol e recomendo, acho que harmoniza bem com o queijo de cabra. Mas dessa vez eu optei por uma cerveja! Eu nem sou uma grande apreciadora de cerveja não, mas confesso que ultimamente tenho experimentado, por intermédio de amigos entendidos, algumas bem boas. Como essa que eu escolhi para o meu lanche, a Colorado Appia, de Ribeirão Preto. Ela é feita de trigo e leva mel de laranjeira. Dizem que isso a deixa um pouco adocicada, mas seu paladar tem que ser bem apurado pra perceber. O que eu gosto mesmo é da textura. As cervejas de trigo são cremosas, eu gosto disso.

Bem, se não for para inspirar seu próximo almoço, pelo menos numa recepção aos amigos você já tem aí algumas sugestões que certamente vão impressionar os paladares mais refinados ;-)

8 comentários:

  1. hum..parece bem gostoso! A tapenade eu vou experimentar com certeza, adoro os ingredientes, nao tem erro!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. É a sua cara essa receita, Bru! Acho que vai gostar :o)

    ResponderExcluir
  3. Pode falar da Provence à vontade!! Adooro!!
    Que delícia! Vou tentar fazer, é só catar os ingredientes aqui em Recife, mas acho que sei onde tem.

    Pode mandar mais receitinhas provençais que o povo daqui de casa gosta de coisa light e chic, viu?!!

    Bisou bisou!

    ResponderExcluir
  4. Que bom Fernanda, que vc me acompanha no gosto provençal!! :o)

    ResponderExcluir
  5. Hmmmmm! Maior vontade de experimentar! Ainda mais assim, pertinho da hora do jantar, dá a maior água na boca!
    Très chic! Bisous!!!

    Fabí Madruga
    www.experimentaamiga.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



1440x900 - 1280x800
iPad - iPhone (1) - iPhone (2)